Gabriela Marcon   E-mail Facebook Twitter Blogger
 
Home   Perfil   Imprensa   Mestre de Cerimônias   Multimídia   News   Contato
 
     
 

_News

 
 

Arquivo

  Outubro 2017
  Abril 2017
  2016
  2015
  2014
  2013
  2012
  2011
 
 
BLOCO DA VELHA 2015
 
 Bloco da Velha chega na 5ª edição com várias novidades

Mais quiosques de alimentação e o maior caminhão de trio elétrico do Estado pretendem qualificar a festa

Foi num bate-papo entre amigos que sempre curtiram o Carnaval e na base do improviso que, em 2011, surgiu o Bloco da Velha. A ideia era simples e despretensiosa: resgatar a tradição dos blocos de rua, vestir uma camiseta personalizada que identificasse a chegada do bloco e fazer um pouco de barulho com instrumentos para acordar os foliões caxienses adormecidos e, porque não dizer, saudosistas de uma boa e velha festa popular pelas ruas de Caxias do Sul.

“Foi um peitaço mesmo. Na época, foram confeccionadas apenas 60 camisetas porque não tínhamos ideia de como o bloco seria recebido”, lembra Guilherme Martinato, um dos idealizadores. As camisetas – ou abadás - se esgotaram rapidamente e o bloco começava a ganhar forma, com a intenção de mostrar às pessoas que é possível se divertir com tranquilidade nas ruas.
Em sua 5ª edição, o Bloco da Velha chegará no dia 15 de fevereiro para novamente incentivar pessoas de todas as idades a saírem de casa durante o Carnaval.

Neste ano, são várias as novidades, a começar pela identidade visual, com a simpática velhinha fantasiada de Carmem Miranda, e a predominância do azul no abadá. “A ideia é formar um mar de gente, e com a velhinha fantasiada queremos estimular a formação de alas e o uso de fantasias, adereços e acessórios”, reforça Martinato. E daqui para frente vai ser assim: cada ano uma cor diferente, justamente para integrar ainda mais as pessoas.

Com recursos da Lei de Incentivo à Cultura do município, a organização irá melhorar a infraestrutura do evento, com paradas mais longas e confortáveis, colocando à disposição mais quiosques de venda de lanches e bebidas (incluindo um veículo que irá percorrer o trajeto comercializando alimentos) e 20 sanitários químicos ao longo do percurso. Uma equipe de apoio irá orientar e prestar informações ao público. Além disso, uma equipe de limpeza estará acompanhando toda festa, recolhendo o material descartado pelos foliões durante o trajeto. Os organizadores também irão repor todos os produtos de higiene utilizados no Ordovás, devido à grande demanda nos banheiros do Centro de Cultura.

Com direção musical de João Viegas, o Bloco da Velha vai continuar seguindo ao som de clássicas marchinhas de Carnaval e consagrados sambas-enredo, executados por uma banda de 13 músicos. Neste ano, a banda do Bloco da Velha estará a bordo do maior caminhão de trio elétrico do Rio Grande do Sul. Conforme Martinato, o caminhão é considerado o melhor do Estado em termos de tecnologia de som, iluminação e potência. “Será possível ouvir as músicas com muito mais qualidade na nitidez”.

No ano passado, cerca de cinco mil pessoas participaram do bloco, de acordo com a Brigada Militar. “O público cresce a cada ano. Começamos com 300 pessoas e hoje já são milhares. Mas a nossa busca nem é tanto pela quantidade de gente, apesar disso acontecer naturalmente e quem participa é muito bem-vindo. Nosso foco é na qualidade da festa. A cada edição, queremos melhorar a estrutura e manter este espírito mais puro do Carnaval, atraindo e alegrando pessoas de todas as idades, e que elas sejam bem atendidas nos serviços disponíveis. É uma festa para toda família”, avalia Martinato.
 
SERVIÇO
BLOCO DA VELHA 2015

Quando: 15/02/15
14h – Concentração na Do Arco da Velha Livraria e Café (Dr. Montaury, 1570)
17h – Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho
20h – Largo da Estação Férrea

FINANCIAMENTO: Lei de Incentivo à Cultura (Prefeitura Municipal de Caxias do Sul).
APOIO CULTURAL: Racon Consórcios.
PARCERIA: Alfa Laboratórios; Postos Catz; Academia Ane Fidler; Inglês Livre; Gelatti Hamburgueria; Grupo Decima Vinhos e Espumantes Finos.
ORGANIZAÇÃO: Guilherme Martinato, Germano Weirich, Marion Martinato, Graziela Martins, Diogo Oliveira Reis e Tiago Daltoe.
PRODUÇÃO CULTURAL: Cláudio Troian.
DIREÇÃO MUSICAL: João Viegas.
REALIZAÇÃO: Do Arco da Velha Livraria e Café.

OUTRAS INFORMAÇÕES
Guilherme Martinato
54 3028.1744 | 9181.4342
gui@doarcodavelha.com.br
 
         
PAULO RIBEIRO LANÇA 'O PASSO DO SOCORRO'
 
Ainda na quarta série, ele era o primeiro a terminar as redações. Em apenas 15 minutos, os textos estavam prontos para surpresa da professora de Português. Na adolescência, trocava os encontros com os amigos em Bom Jesus para mergulhar nos livros. Já havia descoberto sozinho o mundo da leitura. E assim, por instinto, leu clássicos como Meu Pé de Laranja Lima, Grande Sertão Veredas e as obras completas de duas de suas principais referências literárias: Carlos Drummond de Andrade e Vinícius de Moraes. O interessante de toda essa história é que naquela época não havia livraria em Bom Jesus, e Paulo Ribeiro articulava toda a operação de compra dos livros por reembolso postal, tamanha era sua vontade de ler, ler e ler. “E é a descoberta do prazer da leitura que leva à escrita”, reflete o escritor.

Com 25 anos de carreira literária e 13 livros já lançados (o mais recente foi o ‘O Cabelo de Dalila’ em versão digital), Paulo - que também é professor do curso de Comunicação Social da UCS - segue adiante com ‘O Passo do Socorro’ (Ed. Belas-Letras), via Financiarte, da Prefeitura de Caxias do Sul. O segundo livro de poemas da trajetória de Paulo como escritor foi lançado no último dia 12 de abril, na Do Arco da Velha Livraria e Café, em Caxias do Sul, e terá outro lançamento, no dia 21 de maio, às 20h, na Palavraria Livraria e Café, durante a Festa Literária de Porto Alegre (FestiPoA Literária).

Com ilustrações do próprio autor, o fio condutor de ‘O Passo do Socorro’ é o movimento que há entre o cotidiano (passo) e um possível sentido para a vida (socorro). “O socorro é a poesia. Ela vem para nos salvar. É o que sobra dessa trajetória, porque precisamos de alguma razão para estarmos aqui. E quem nos dá essa razão é a poesia”, enfatiza. Conforme Paulo, as gravuras do livro reforçam a reprodução do cotidiano que há por detrás do movimento da escrita. “Quando eu dou esse impulso, eu estou representando. Os poemas e as gravuras são uma representação da realidade”.

‘O Passo do Socorro’ contém poemas escritos desde 2007, oriundos do blog Vitrola dos Ausentes. Além da peculiaridade das gravuras, é um livro para ser degustado. Na forma como foi escrito, é uma poesia questionadora, com nada de respostas, uma narrativa mais solta, com frescor nas palavras e textos arejados, muito próximos da crônica.

E se “autores são atores, livros são teatros”, como disse o poeta norte-americano Wallace Stevens, para Paulo Ribeiro a poesia é, sim, puro teatro: “é a representação do cotidiano que a gente não consegue dar conta, mas quer encontrar um sentido para isso. É o caminho que ultrapassa a realidade para ir em busca de uma outra direção para a vida”.

SERVIÇO
Lançamento 'O Passo do
 Socorro'

Em Porto Alegre
Quando: 21/05/14
Horário: 20h
Local: Palavraria Livraria e Café (Vasco da Gama, 165 – Bom Fim)


OUTRAS INFORMAÇÕES
Paulo Ribeiro
54 3228.2749 | 9112.8998
pauloribeirocxs@hotmail.com
www.vitroladosausentes.blogspot.com/



 
 
         
PURA OUSADIA LANÇA PRIMEIRO CD EM ABRIL
 
Em 2009 um grupo de amigos do bairro Cruzeiro, em Caxias do Sul, juntou-se para tocar um pagode nas festas da turma. Na época, a iniciativa partiu de Mateus Hoffmann, que tocava cavaquinho. Com o sucesso que começou a fazer entre os mais chegados e chamando a atenção de produtores do ramo, a galera não demorou a se empolgar e levar a brincadeira a sério com a lista de shows que foi surgindo nas principais casas de pagode da cidade. “Começamos por diversão mesmo, na escola. Resolvemos ver qual era o ritmo que todos gostavam. E era samba. Na época a gente até brincou: tocar ninguém sabe, mas vamos tentar”, lembra, em meio à risadas, Mateus Hoffmann, o Mateuzinho, que hoje toca violão no Pura Ousadia.

Oficialmente, o grupo foi formado dois anos depois, em 2011, com a entrada do cavaquinhista Samuel Bállico e do vocalista César Linck, que já tinham experiência em outros grupos. No caso do vocalista e compositor César Linck, a relação com o pagode começou com uma simples fita cassete, comprada pela mãe numa loja de R$1,99. Entre as várias fitas, a do grupo SPC, com o vocalista Alexandre Pires à frente, ídolos de César. “Tudo começa pelo nosso gosto musical. Tocamos aquilo que curtimos, com refrãos simples, por meio de letras próprias inspiradas em histórias de amigos e que se tornaram canções de amor”, conta César.

A trajetória do Pura Ousadia ganha reforço com o lançamento do primeiro CD via Financiarte. Com a maioria das 11 faixas do CD românticas, o pagode até pode ser dolente, mas no caso do Pura Ousadia também existe alegria. O show de lançamento de ‘Sintonia Perfeita’ será no dia 12 de abril, às 23h, no Taha’a, em Caxias.

No álbum, gravado no Estúdio Jardim Elétrico, em Farroupilha, os rapazes do Pura Ousadia - formado por César Linck (cantor e compositor), Júlio César Palhano (tantan e backing vocal), Anderson Hoffmann (pandeiro e backing vocal), Samuel Bállico (cavaquinho e backing vocal) e Mateus Hoffmann (violão) – tentaram trazer um pouco dos ritmos relacionados ao pagode que eles gostam de ouvir e tocar.

Para embalar ainda mais as canções, o grupo traz uma banda de apoio formada por Cleison Rodrigues (surdo), Lucas Faria (bateria), Jean Pascoal (reco-reco e cuíca), e Paulinho Campos (baixo e backing vocal). “Tentamos encontrar a melhor forma de agradar a todos, tocando desde samba, partido alto, swing (samba rock), pagode alto astral e romântico”, diz o vocalista César Linck.

Agora, o maior sonho dos guris do Pura Ousadia é ouvir o som que eles tocam, só que na mídia nacional. É ter a oportunidade de trabalhar como músico, de viver apenas da música. “Queremos representar nossa cidade País afora, porque é muito bom fazer o que gostamos e, a cada dia, queremos melhorar, nos aperfeiçoar, pra levar o nosso balanço e a nossa alegria ao público”, afirma César.
 
         
RICARDO BELLINI EXPÕE 'THE FUTURE ANGEL'
 
O fotógrafo Ricardo Bellini está entre os 15 artistas que irão participar da exposição ‘Vernissage Coletiva’, de 14 a 28 de março no Coletivo Labs (Marechal Floriano, 1083). No espaço, Ricardo deixará expostas cinco telas que reproduzem o experimento fotográfico intitulado ‘The Future Angel’, baseado na hibridização de elementos de design e moda, com propósito autoral. O ensaio foi protagonizado pela modelo Gabriela Rhein e produzido em parceria com o designer de moda João Maraschin, que atua em produções fotográficas explorando a moda como mecanismo de expressão cultural. O projeto tem patrocínio da Go Image, com make up de Daiane Montes e arte final de Carol Ferreira. Em tempo: nesta quinta-feira, 6 de março, Ricardo abre a exposição ‘Metamorfose’, na Galeria de Artes do Ordovás.
 
         
BEBA MENOS, BEBA MELHOR
 
"Beba menos, beba melhor". É o ótimo e sensato slogan criado pela cervejaria Abadessa. Mais do que um slogan, virou um lema para aqueles que apreciam as verdadeiras cervejas. E dessa bebida o sommelier de cerveja Rodrigo Kahler entende muito! Tanto é assim que o caxiense, sócio-proprietário da Selezione Bier Shop - loja especializada em cervejas, em Caxias do Sul - participa, nos próximos dias 8 e 9 de março, do 1° Campeonato Brasileiro de Sommelier de Cerveja, em São Paulo. Entre 150 inscritos de todo País, Rodrigo vai testar seus conhecimentos e suas habilidades na degustação e identificação das centenas de tipos de cerveja existentes no mundo. Tudo diante de um júri super qualificado, formado por mestres no assunto, vindos de países como a Alemanha, que faz parte de um dos mais importantes núcleos cervejísticos do mundo. Depois, o sommelier caxiense segue para Blumenau para adquirir ainda mais informações sobre o universo da bebida no Festival Brasileiro da Cerveja.


 
         
Página: « 1 2 3 4 5 6 7 8 9 »
 
     
 
Gabriela Marcon E-mail Facebook Linkedin Instagram Twitter Blogger Desenvolvimento WCM3 Agência Web Digital Feeling - Estúdio de Criação