Gabriela Marcon   E-mail Facebook Twitter Blogger
 
Home   Perfil   Imprensa   Mestre de Cerimônias   Multimídia   News   Contato
 
     
 

_News

 
 

Arquivo

  Abril 2017
  2016
  2015
  2014
  2013
  2012
  2011
 
 
Se minha empresa falasse...
 
De autoria do especialista em formação de lideranças, Tiago Grandi, o livro "Se minha empresa falasse..." (Editora Bookmakers) é uma compilação das melhores crônicas do consultor sobre o mundo corporativo. Resulta da metodologia adotada por este porto-alegrense de 33 anos, radicado há sete anos em Caxias do Sul.

O livro traz a visão de que a empresa é um ser vivo, independente dos empresários que a coordenam, e a qual eles devem saber ouvir, ou seja, entender do que a organização realmente precisa, a despeito de seus interesses pessoais.

Tiago busca uma forma de "despersonalizar" a gestão do empresário, tentando fazer um trabalho "mais justo" com esse ser animado (a empresa), ajudando os gestores a verem suas empresas como elas realmente são, não como eles as fantasiam.

*Disponível das livrarias Saraiva e Cultura.

Outras informações

54 3538.6858
contato@grandi-garay.com
 
         
Visual 'quase nada' na maquiagem
 
Tratar bem da pele, saber dosar os produtos e usar apenas o necessário
deixam o rosto com aparência viçosa

Se tem um ramo do comércio que seduz e atrai mulheres de todas as idades é o de cosméticos, especificamente o segmento de maquiagem. Quem entra numa loja dessas, normalmente, não sai de mãos abanando. Se for uma loja de marca conceituada então, nem se fala. A emoção é tanta que dá vontade de comprar um pouco de tudo. Mas antes de sair de uma loja dessas querendo “se adquirir” tudo apenas porque se trata de uma grife, é preciso assimilar que mesmo o produto mais caro nem sempre vai funcionar na sua pele.

“Nenhum produto será eficaz se a sua pele não estiver bem cuidada, tratada. Para isso, só há uma regra: ter disciplina. De nada vale gastar uma fortuna numa base ou num pó compacto, por exemplo, se a fórmula deles não é adequada ao seu tipo de pele. Isso só vai agredir o rosto, obstruindo poros, favorecendo o aparecimento de manchas e acnes, acelerando o envelhecimento e por aí vai”, explica a fisioterapeuta dermatofuncional Leandra Paes.

Conforme Leandra, um “crime” que muitas mulheres acabam cometendo é exagerar na maquiagem na tentativa de camuflar imperfeições e/ou disfarçar a idade. “Uma cobertura pesada impede que a pele respire normalmente, e vai passar aquela sensação de visual carregado”, acrescenta. E se o objetivo é rejuvenescer, saiba que quanto mais enrugada estiver a pele, menos forte deve ser a maquiagem.

Outro equívoco é pensar que quanto mais maquiagem, mais ela vai durar no rosto. É exatamente o contrário. Ela resiste menos tempo e tem mais chance de ficar toda estranha e despencar ao longo do dia ou durante uma festa. A fisioterapeuta dermatofuncional complementa que além da falta de cuidados com a pele, não remover a maquiagem adequadamente, usar produtos oleosos ou sem supervisão médica, e a exposição solar em excesso podem fazer com que os poros fiquem mais evidentes.

O glamour nude

Exemplos de maquiagens que transmitem frescor foram vistos nos rostos das belas atrizes que passaram pelo tapete vermelho do Oscar 2013. A maioria delas estava com pouca maquiagem, transmitindo uma imagem de pele limpa, hidratada e, portanto, saudável. É a velha história do nada que fica tudo. Na verdade, a aparência é de uma pele que não vai nada, só que até vai, e vários produtos, mas tudo muito bem dosado.

O que vale hoje em dia é o conhecimento que o maquiador tem de ter em relação à pele das mulheres. “A grande joia da estação é o glamour do nude, criada pelo make quase ‘nada’, que utiliza produtos para corrigir imperfeições”, afirma o hair stylist e maquiador Jefferson Hoffmann.

Nesse sentido, fica muito mais charmoso ressaltar aquilo que cada rosto tem de bom, do que esconder sinais do tempo exagerando na dose de maquiagem. “Para disfarçar os defeitinhos da pele, podemos usar corretivo, mas com cautela. Ele é bom, por exemplo, para diminuir o nariz, aumentar a boca e salientar os olhos. Blush, máscara de cílios e um batom mais vibrante também dão um belo resultado. Devemos cobrir não mais do que 50% dos sinais e das marcas que nos incomodam”, enfatiza Jefferson.

Para ressaltar o rosto de qualquer mulher com uma maquiagem leve e bonita, Jefferson Hoffmann sugere o seguinte:

• Prepare a pele com um bom hidratante (dê preferência aos oil-free);
• Antes de iniciar a maquiagem, use um primer que já tenha uma leve coloração e fator de proteção solar. Na hora de escolher as texturas, sugere-se as líquidas e cremosas para iluminar a pele;
• Use uma dose generosa de máscara de cílios, evitando maquiar a parte inferior dos cílios, a não ser que os olhos sejam pequenos;
• Modere no uso do pó compacto. Concentre ele em locais pontuais, em que a pele costuma ficar mais oleosa como a testa, as laterais do nariz e o queixo;
• Use base cintilante logo acima do blush, na ponta do queixo e um pouco no meio do nariz até as sobrancelhas. Isso deixa o rosto mais jovial;
• Penteie a sobrancelha com rímel transparente;
• Passe um corretivo mais claro que o tom natural da pele abaixo da sobrancelha;
• Cheque sua maquiagem de hora em hora e faça retoques necessários;
• Carregue lencinhos para enxugar o suor antes de ele aflorar e evite tocar o rosto com os dedos ao longo do dia;
• Se quiser refrescar a maquiagem durante o dia, borrife água termal ou refrescante e deixe secar naturalmente.

Outras informações
Leandra Paes | CREFITO 34585 F
Fisioterapia Dermatofuncional
Estúdio Jefferson Hoffmann
Av. Júlio de Castilhos, 1195 | Centro | Caxias do Sul (RS).
54 8129.4968 | 3214.8554
lpaesdaneluz@gmail.com
estudiojh.com/blog




 
         
Matheus Brusa é selecionado pelo projeto Corpografias
 
O coreógrafo caxiense Matheus Brusa foi selecionado para participar da primeira etapa do Corpografias – Residência Artística Internacional (5ª edição), projeto que conta com recursos da Lei Estadual de Incentivo à Cultura de Minas Gerais e patrocínio da Usiminas. A residência artística acontece de 21 a 28 de março durante uma imersão no Sítio Recanto Verde, em Ipatinga (MG), onde os selecionados irão compartilhar suas metodologias de trabalho e experimentações em torno da dança contemporânea. Dos 38 inscritos nesta edição, foram selecionados pela comissão avaliadora 10 artistas que conseguiram atender aos requisitos apresentados pelo regulamento do projeto. A proposta da residência é o estudo da escrita de corpos e movimentos singulares e o embate sadio entre as diferenças culturais presentes nas produções dos diversos artistas participantes.
 
         
Brasil aposta em joias de ouro 10K em 2013
 
Os apaixonados por joias agora têm mais uma opção: o ouro 10 quilates (K). A novidade surge no Brasil em 2013 para atrair consumidores que trocaram o ouro por metais mais baratos e ampliar as possibilidades de crescimento do setor joalheiro, a exemplo de países como Turquia, Japão, França e EUA que já adotaram o uso de joias 10K.

Mas afinal, o que é o ouro 10K? O metal em sua forma pura tem 24K. A quilatagem varia de acordo com o teor de ouro utilizado na elaboração da joia. Por exemplo, o ouro 10K possui dez partes de ouro (que corresponde a 41,6% do metal puro) e 14 partes de liga (que correspondem a 58,4% dos demais utilizados). A identificação do teor de ouro da peça, 10k ou 416, é estampada na parte interna da joia. Na imagem, exemplo da marcação na aliança de ouro 18k.

Segundo Hécliton Santini, presidente do IBGM – Instituto Brasileiro de Gemas e Metais Preciosos, a indústria brasileira tem investido em novos materiais para atender as demandas das classes C e D e do público jovem. “A joia de ouro 10k é mais leve, possui brilho intenso e mesmo acabamento, durabilidade, textura, variação de cor e processo de fabricação daquela confeccionada com ouro 18k, sendo o principal atrativo o preço, que pode custar até 30% menos do que a mesma peça com maior quilatagem”.

Saiba mais sobre Joias e Histórias da joalheria acessando a fanpage da Briollê Joias.


 
 
Espetáculo Ballet Margô
 
Nos dias 2 e 3 de março o Ballet Margô participa da programação do Festival de Verão de Caxias com um espetáculo que será apresentado no Teatro Municipal Pedro Parenti, às 20h. Uma oportunidade para que os pais e/ou responsáveis e demais interessados conheçam o trabalho da escola, que já completou 30 anos dedicados ao ensino da dança em Caxias do Sul. Ingressos à venda no Ballet Margô, a R$ 10 (estudantes e Terceira Idade pagam R$ 5).

A escola está com matrículas abertas para quem quer aprender a dançar ou se aperfeiçoar. 

Cursos:
Ballet Clássico - Dança Contemporânea
Pilates - Jazz - Danças Urbanas
Ballet Clássico de Repertório - Técnica de Pontas

Professores:
Akacio Camargo, Gislaine Sacchet, Simone Zanandrea Andreola, Matheus Brusa, João Ricardo, Jéssica Pistorello, Isadora Martins, David Cruz, Cintia De Marchi e Adriana Menegat.

Turmas:
Baby, Infantil, Infanto-Juvenil, Juvenil e Adulto.

Informações:
54 3222.5338
balletmargo@gmail.com
balletmargo.com.br

Créditos/fotos: Douglas Trancoso
 
 
         
         
Página: « 1 2 3 4 5 6 »
 
     
 
Gabriela Marcon E-mail Facebook Twitter Blogger Desenvolvimento WCM3 Agência Web Digital Feeling - Estúdio de Criação