Gabriela Marcon   E-mail Facebook Twitter Blogger
 
Home   Perfil   Imprensa   Mestre de Cerimônias   Multimídia   News   Contato
 
     
 

_News

 
 

Arquivo

  Outubro 2017
  Abril 2017
  2016
  2015
  2014
  2013
  2012
  2011
 
 
Mãos à obra para cuidar dos pés no inverno
 
Época favorece surgimento de micoses e frieiras

O inverno chegou na Serra gaúcha. Quem mora na região sabe da necessidade de manter os pés devidamente quentinhos e confortáveis dentro de um sapato ou uma bota. E na hora de dormir então? Muita gente “não abre mão” de usar meias para evitar a sensação de barra de gelo nos pés. O fato é que os pés precisam de cuidados específicos nesta época do ano, não apenas por uma questão estética, mas sim, de saúde. “Como eles ficam protegidos pelas meias mais grossas e pelos calçados fechados, estão mais suscetíveis às patologias da estação, como micoses, fungos e frieiras, que gostam de locais úmidos, escuros e quentes”, diz a podóloga Sara Castronovo.

Segundo Sara, as baixas temperaturas agridem a pele especialmente nas extremidades do corpo, como os pés e os dedos. Você sabia, por exemplo, que depois do banho é preciso secar muito bem os pés, especialmente entre os dedos, para evitar o surgimento de frieiras? Elas aparecem justamente por causa da secagem inadequada. Além da secagem, e assim como o rosto, as mãos e o corpo todo, os pés tendem a ressecar muito mais no inverno, em função do excesso de água quente no banho. Sara alerta que eles ficam mais sujeitos à rachaduras, micoses, fungos e frieiras. Portanto, é preciso usar cremes específicos para eles.
 
Os hidratantes com ureia, encontrados em farmácias normais ou de manipulação, são os mais indicados pela podóloga por causa da ação hidratante e estimulante da regeneração celular (cicatrizante). “A ureia é uma substância própria do organismo. Ela contribui para regular o equilíbrio da água na pele, absorvendo e promovendo sua retenção, repondo a umidade natural e melhorando sua textura”, explica. Sara Castronovo indica cremes com concentração de 10% de ureia. Então, mãos à obra para cuidar dos pés no inverno:

• Abra os dedos para secagem nas interdigitais. Se quiser, use um secador para dar um jato de ar quente entre os dedos. Assim você evita o surgimento de micoses, fungos e frieiras, que gostam de locais úmidos, escuros e quentes;
• Hidratação diária é fundamental. Opte por cremes de ureia;
• Se você está com frieira nos pés, não seque-os com a mesma toalha que seca o corpo. Use um papel toalha;
• Cuide do corte de suas unhas. Pelo menos uma vez por mês, é recomendável agendar uma hora com sua pedicure;
• Lixe os pés apenas uma vez por mês, já que seguindo a hidratação correta, o excesso de calosidade irá diminuir. E lixá-los em demasia aumenta a calosidade, que existe para proteger a região;
• Evite as meias de tecidos sintéticos. Opte pelas de algodão. Mesmo que os pés suem, o algodão permite que eles respirem melhor;
• Use sapatos confortáveis. Isso evita o descolamento das unhas (onicólise), o encravamento (onicocriptose) e a formação de calos e calosidades, que ocorrem como resultado da pressão constante dos calçados sobre estas áreas;
• As unhas dos pés também precisam respirar. Por isso, deixe-as algum tempo sem esmaltes. Resista à tentação!

Sobre Sara Castronovo | É formada em Podologia pelo Instituto Técnico de Educação (Itepa) de Porto Alegre. Tem cursos de especialização em “Órteses e Correção em Lâminas Ungueais” pela Escola Laffayette, e em “Pés Diabéticos” pela Santa Casa de Misericórdia, ambos em Porto Alegre. Já participou da 4ª e da 5ª edição do Congresso Internacional de Podologia, em São Paulo, nos anos de 2012 e 2013, e do 2º Seminário de Onicocriptóse, realizado em 2012, também na capital paulista.

Outras informações
Sara Castronovo

Podóloga
Atendimento junto ao Estúdio Jefferson Hoffmann
www.estudiojh.com/blog
Av. Júlio de Castilhos, 1195 | Centro | Caxias do Sul (RS).
54 3214.8554 | 8122.7323
sarapodologia@hotmail.com
 
         
Figurinos especiais para cães
 
Apaixonadas por cães, as proprietárias da loja Arlequim Costume Dell' Arte, de Caxias do Sul (RS), resolveram inovar no quesito figurino. Agora eles também podem ter suas próprias fantasias para momentos especiais. A confecção e venda das fantasias iniciou para a capital paulista há cerca de quatro meses, para onde já foram comercializadas mais de 70 peças.

Os paulistanos estão adorando e aderindo à nova moda para seus fiéis companheiros. É importante ressaltar que as fantasias são feitas apenas sob medida e sob encomenda, e com tecidos antialérgicos e confortáveis aos cachorros. Assim, elas ficam personalizadas e adequadas a cada raça.

Outras informações:
Arlequim Costume dell'Arte

54 3228.7336
www.arlequim.com.br
Fanpage (Facebook): Arlequim Fantasias e Artigos para Dança e Festas
 
         
         
Cineserra abre inscrições dia 5/08
 
De 5 a 25 de agosto de 2013. Este é o período de inscrições de filmes, documentários e videoclipes que serão selecionados para participar do Cineserra – Festival do Audiovisual da Serra Gaúcha, que acontece de 18 a 21 de outubro de 2013 em Caxias do Sul. 

O Cineserra é uma mostra regional de cinema que exibirá seleção de filmes e documentários de curta e média-metragem, e videoclipes produzidos na região Nordeste do Rio Grande do Sul entre janeiro de 2010 e dezembro de 2012. Haverá premiação aos melhores de cada categoria, num total de 20 prêmios.

Além da mostra, o evento terá dois workshops de capacitação para a produção cinematográfica, ministrados por profissionais reconhecidos pela indústria nacional do cinema, além de uma palestra com a cineasta Juliana Reis, seguida de exibição de seu primeiro longa-metragem, Disparos. Os nomes dos ministrantes dos workshops estão em processo de confirmação.

Roteiristas, produtores, diretores e cinéfilos em geral podem curtir a página do Cineserra no Facebook (www.facebook.com/festivalcineserra) e acessar o blog www.cineserra.blogspot.com para acompanhar todas as informações sobre o festival, incluindo a programação completa.

O Cineserra tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura de Caxias do Sul, com apoio cultural da Randon, Racon e FSG.

Comissão Organizadora

Claudio Troian: 54 3536.2647 | 8117.3074
Le Daros: 54 9973.7391

 
 
         
Cineserra - Festival do Audiovisual da Serra Gaúcha
 
Eis o logotipo criado pela Jamwork Estúdio Estratégico para o Cineserra – Festival do Audiovisual da Serra Gaúcha, que acontece de 18 a 21 de outubro de 2013 em Caxias do Sul. De 5 a 25 de agosto ficam abertas as inscrições de filmes, documentários e videoclipes que serão selecionados para participar da mostra regional.

O Cineserra exibirá seleção de filmes de curta e média-metragem, documentários e videoclipes produzidos na região Nordeste do Rio Grande do Sul entre janeiro de 2010 e dezembro de 2012, com premiação para os melhores de cada categoria. Ao todo, serão 20 prêmios.

Além da mostra, o evento terá dois workshops de capacitação para a produção cinematográfica, ministrados por profissionais reconhecidos pela indústria nacional do cinema, e uma palestra com um cineasta convidado, seguida de exibição de um longa-metragem próprio.

Por enquanto, roteiristas, produtores, diretores e cinéfilos em geral podem curtir a página do Cineserra no Facebook (www.facebook.com/festivalcineserra) e acessar o blog www.cineserra.blogspot.com para acompanhar as informações sobre o festival, incluindo o regulamento. O Cineserra tem financiamento da Lei de Incentivo à Cultura, com apoio cultural da Randon, Racon e FSG.

Outras informações:
Comissão Organizadora
Cláudio Troian: 54 8117.3074
Leandro Daros:  54 9973.7391


 
         
Exposição 'Ritmos em Cor'
 
Conhecido pelo seu trabalho como restaurador de bens culturais e patrimônios artísticos, Flávio Drum percebe a vida como uma constante variação de pensamentos, emoções e sensações. Assim surge o conceito de suas obras na mostra ‘Ritmos em Cor’, que será aberta dia 11 de julho na Galeria de Arte do Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho.

Natural de Tupanci do Sul e acadêmico do curso de Licenciatura em Artes Visuais da UCS, Drum mostrará 11 telas pintadas em estilo abstrato, na exposição contemplada pelo Financiarte. As composições têm como base planos geométricos e cores vibrantes. “A cada instante somos traídos ou surpreendidos por uma nova forma de ver ou sentir. Vida é ritmo e cada indivíduo vive em intensidades diferentes. Todos nós, em conjunto, criamos uma diversidade harmônica que compõe os fragmentos desse ritmo”, afirma.

Segundo o artista, as obras são resultado de uma trajetória de pesquisa e investigação. “A pesquisa se dá dentro de uma percepção estética. Neste caminho acontecem experimentos e a concepção poética surge a partir de um conceito explorado pelo artista ao compor num universo estético de relações, separando cada fragmento como se fosse uma sucessão de atividades e experiências individuais. Por fim, vem o ritmo”.

Antes do projeto cultural ‘Ritmos em Cor’ ser aprovado, Drum já tinha uma trajetória ligada à arte, desde quando um desenho da Estação Férrea de Caxias, de sua autoria, foi selecionado entre mais de 70 inscritos para o Salão do Jovem Artista, em 2008. Depois, ele voltou a participar do Salão na edição de 2010. Além disso, já expôs trabalhos em mostras individuais e coletivas na Galeria Municipal de Arte Gerd Bornheim, no Campus 8 da UCS, na Receita Federal, no próprio Centro de Cultura Ordovás, nos Pavilhões da Festa da Uva e no Jardim do SESC.

EXPOSIÇÃO ‘RITMOS EM COR’
Centro Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho | de 11/07 a 10/08
Campus 8 | de 3 a 24/09
Cidade Universitária – Quiosque da UCS na Galeria Universitária | a definir

Apoio:

Padaria 14 Bis
Livraria Rossi
Liv Design

Promoção:

Unidade de Artes Visuais
Centro Municipal de Cultura Dr. Henrique Ordovás Filho

Financiamento:

Financiarte
Prefeitura Municipal de Caxias do Sul
Secretaria da Cultura



 
         
         
Página: « 1 2 3 4 5 6 »
 
     
 
Gabriela Marcon E-mail Facebook Linkedin Instagram Twitter Blogger Desenvolvimento WCM3 Agência Web Digital Feeling - Estúdio de Criação