Gabriela Marcon   E-mail Facebook Twitter Blogger
 
Home   Perfil   Imprensa   Mestre de Cerimônias   Multimídia   News   Contato
 
     
 

_News

 
 

Arquivo

  Outubro 2017
  Abril 2017
  2016
  2015
  2014
  2013
  2012
  2011
 
 
Comprar uma joia, adquirir um valor
 
Colar, anel, par de brincos, pulseira, gargantilha, pendente, não importa. A joia sempre traz consigo um valor simbólico, realçando a beleza feminina. Presentear uma pessoa com joia simboliza os sentimentos mais nobres de amor.

Pensando nisso, a Brumar – empresa de Caxias do Sul que comercializa pedras preciosas (diamante, rubi, safira, esmeralda), pérolas cultivadas, acessórios para comerciantes de joias e relógios e ferramentas para fabricantes de joias – também oferece ao consumidor uma linha de colares, brincos e pulseiras em pedras naturais e pérolas cultivadas e peças em ouro 18k.

A Briollê Joias representa um novo conceito de joia, compondo peças que misturam cores, gemas, metais e estilos. Foi criada para quem gosta de requinte e originalidade, valendo-se do uso de uma joia como um complemento da roupa, contrastando e fazendo a diferença no visual. A marca trabalha com uma grande variedade de formatos, tamanhos e cores de pedras e pérolas.

Além da pérola mais tradicional, há pérolas cultivadas em água doce (em vários tons), pedras naturais como turquesa, coral, ametista, citrino, cristal de quartzo, granada, âmbar, entre tantas outras criadas pela natureza.

Na Briollê, você adquire peças especiais e ainda tem a oportunidade de conhecer e apreciar de perto a magia e a beleza de pedras naturais (muitas delas brasileiras) e pérolas verdadeiras.

Brumar & Briollê Joias
54 3223.1771 - Caxias do Sul (RS)
briolle@briolle.com.br

Créditos/fotos | Josué Ferreira.


 
         
         
         
         
Teatro Moinho da Estação
 
Aprovado em 2008 pela Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet), do Ministério da Cultura, o projeto Moinho da Estação Cultural foi elaborado para ser um espaço interdisciplinar, incluindo um teatro com infraestrutura adequada às necessidades dos artistas, salas de oficina, galeria de fotografia, um bar (atualmente o Boteco 13), e um Núcleo Audiovisual, já em funcionamento como Ponto de Cultura de Caxias do Sul.

As obras de estruturação do projeto estão orçadas em R$1,5 milhão. Iniciadas em outubro de 2009, elas têm previsão de término para 2013. A verba está sendo captada através da política de incentivos fiscais que possibilita que empresas (pessoas jurídicas) e cidadãos (pessoas físicas) apliquem o Imposto de Renda (IR) devido em ações culturais.

Cerca de R$1milhão já foram captados. Por se tratar de um teatro localizado numa área tombada pelo Patrimônio Histórico Municipal, os apoiadores conseguem deduzir até 100% do IR pago ao Governo Federal. Outro projeto de captação de recursos para estruturar toda a parte interna do teatro (equipamentos de som, luz, mobiliário, pisos e demais acabamentos) será enviado ao Ministério da Cultura.

A AME | A Associação Moinho da Estação (AME) é uma sociedade civil sem fins lucrativos com sede no Moinho da Estação. Foi criada em setembro de 2007, com a finalidade de estruturar, conservar e configurar um novo espaço artístico e cultural na cidade, estabelecendo mecanismos de preservação do prédio histórico e arquitetônico tombado pelo Patrimônio Histórico Municipal. A AME tem ações continuadas que incluem a criação de espaços para a produção artística, o desenvolvimento cultural local e regional, fomentando plateia para espetáculos de dança e teatro, exposições, eventos literários e musicais, palestras, workshops e seminários.
Projeto Moinho da Estação Cultural
Realização |
Associação Moinho da Estação (AME)
Projeto arquitetônico | Jéssica De Carli e Eloísa Tondo
Assessoria Cenotécnica | Solé Associados – Projetos Especiais de Engenharia e Arquitetura
Coordenação do projeto | Sinara Suzin – 54 8404.1713
Projeto de Lei | Balcão de Arte
Captadores de recursos | Luciano Bulla, Ana Caravantes e Elisete Tondo
Patrocínio | Lei de Incentivo à Cultura (Lei Rouanet) - Ministério da Cultura

http://teatromoinhodaestacao.blogspot.com




 
         
Sommelier de Cervejas
 
A profissão é ainda pouco disseminada no Brasil, mas faz parte de um dos negócios mais fortes do mundo: a cerveja. Trata-se do sommelier, um especialista em cervejas que presta consultoria a bares, restaurantes, hotéis e eventos, já que se torna um conhecedor da história, das escolas, das matérias-primas, dos processos de produção e estilos da bebida. O sommelier contribui na promoção da cultura cervejeira, estimulando o consumo de forma consciente. “A filosofia é beba menos, beba melhor”, afirma o sommelier de cervejas, Rodrigo Kahler, 35 anos, natural de Caxias do Sul e, agora, o primeiro sommelier da cidade, que também presta serviços a toda região da Serra Gaúcha.

Os mais diferentes estilos de cerveja e suas possibilidades de harmonização para garantir experiências gastronômicas prazerosas fizeram parte da formação de Kahler. Além de contribuir para a cultura de saborear esta bebida milenar por meio da criação de cartas especiais de cervejas, o sommelier é um consultor que supervisiona todos os serviços relacionados às distribuidoras, produtoras e importadoras da bebida.

A formação de sommelier | Rodrigo Kahler é formado pela primeira turma de sommeliers de cervejas do Brasil, certificado pelo mais completo curso do País, realizado pelo Senac/SP em parceria com a Doemens Academy - escola reconhecida internacionalmente por ser a pioneira na formação de mestres cervejeiros na Alemanha, desde 1895. Com sede em Munique, a Doemens é uma instituição dedicada à educação e consultoria voltadas fortemente ao negócio de cervejas.
Além de se tornar um profundo conhecedor do universo da cerveja, a formação de sommelier inclui aspectos relacionados à aplicação do uso da cerveja na gastronomia e coquetelaria por meio de degustação e harmonização; prestação de consultoria de análise sensorial na gestão e no serviço do produto; elaboração de cartas de cervejas; preocupação e responsabilidade em prezar pela higiene e segurança alimentar, e orientação quanto ao consumo consciente da bebida.

Também pelo Senac/SP, Rodrigo Kahler se qualificou em cursos na área de Administração e Planejamento em Bares e Restaurantes, e Gestão em Empreendimentos Gastronômicos.

Outras informações
Rodrigo Kahler | Sommelier de Cervejas
54 8134.7786
http://kahlerbier.blogspot.com/


 
         
 
     
 
Gabriela Marcon E-mail Facebook Linkedin Instagram Twitter Blogger Desenvolvimento WCM3 Agência Web Digital Feeling - Estúdio de Criação